A Polícia Civil de Sergipe divulgou nesta quinta-feira (1) mais informações sobre um homem de 32 anos, suspeito de praticar crimes de estelionato nos Estados de Sergipe, Bahia e Rio Grande do Norte.

De acordo com informações da Delegacia de Defraudações ele se identificava como funcionário da Empresa Brasileira de Telecomunicações (Embratel) ou como empresário.

Uma mulher com que ele mantinha uma relação afetiva o acusa de ter sumido com um carro financiado por ela de aproximadamente R$ 50 mil. O prejuízo das vítimas do golpe é estimado em R$ 300 mil.

O suspeito está preso na Delegacia Plantonista de Aracaju desde terça-feira (28). Quem tiver mais informações sobre a acusação de estelionato ou tiver sido vítima do golpe pode informa à polícia através do Disk Denúncia no telefone 181. O inquérito que apura as denúncias já está em fase de conclusão.