Assessoria Legislativo de Delmiro Gouveia

A sessão da Câmara de Vereadores de Delmiro Gouveia desta quinta-feira (8) teve como foco o Dia Internacional da Mulher. No plenário os parlamentares lembraram o histórico de lutas do sexo feminino e a importância da participação da mulher na sociedade.

Na reunião estiveram presentes os nove vereadores da Casa – o presidente Valdo Sandes e o edis Geraldo Xavier, Ezequiel Costa (Kel), Edvaldo Nascimento, Francisco de Assis (Kinho), Marcos Costa, Carlos José Bezerra (Gato), Carlos Roberto Correia (Cacau) e Clayriane Brandão.

As homenagens de alguns edis foram dirigidas à colega Clayriane, única vereadora da Casa nesta legislatura e representante das mulheres delmirenses na reunião. Em o seu pronunciamento o vereador Edvaldo Nascimento relembrou o Projeto de Lei do ex-vereador Fernando Aldo, que enfatiza o debate de questões relacionadas ao gênero feminino pela Casa Legislativa em passagem pelo Dia Internacional da Mulher.

Durante a reunião foram votadas ainda cinco proposições – Projeto de Lei nº 01/2012 do Executivo, que altera o Plano Plurianual, que foi aprovado com votos contrários de Edvaldo e Clayriane; Projeto de Lei nº 01/2012, do vereador Kel que dispõe sobre a criação de dois distritos no município, encaminhada para o vereador Cacau,q eu solocitou vistas da proposição; Moção 01/2012, do vereador Edvaldo Nascimento em congratulação pela passagem ao Dia Internacional da Mulher; Requerimento nº 01/2012 do vereador Edvaldo Nascimento, que solicita audiência pública para discutir sobre a segurança em Delmiro Gouveia, aprovado por unanimidade e a Indicação nº 03/2012, do vereador Geraldo Xavier, que solicita a instalação de agência satélite dos Correios no povoado Sinimbú.

O requerimento sobre audiência pública causou manifestação do vereador Kel, que parabenizou o colega Edvaldo e frisou a importância da reunião. “A realização desta audiência é de grande relevância porque devemos estar atentos às questões relacionadas à segurança pública. Solicito que convidem representantes do Governo do Estado para debater sobre este assunto e assim nossos órgãos de segurança possam ter acesso ao aparato necessário para a realização do seu trabalho”, disse o vereador.