Última pesquisa eleitoral não registrada em Alagoas revela que quase 60% dos eleitores não sabem em quem votar este ano

  • Igor Ribeiro
  • 01/01/2022 16:16
  • De Olho nas Eleições 2022
Divulgação

Uma última pesquisa eleitoral não registrada divulgada na sexta (31), pela empresa Global 3 Soluções e Pesquisas, revela que quase 60% dos alagoanos não sabem em quem votar quando questionados sobre as eleições para o Governo e Senado este ano. 

A pesquisa usou como método resposta espontânea, liderando o prefeito de Maceió JHC (PSB) com 11,4% seguido do senador Rodrigo Cunha (PSDB) com 3,2%, o senador Fernando Collor (PROS) que até então revela a pretensão de disputar a reeleição, porém não é descartada a sua mudança podendo disputar o governo, já que nas pesquisas Collor patina perdendo para o atual govenador Renan Filho (MDB), o senador aparece em terceiro com 2,7%. 

Partindo para o cenário da disputa ao senado, o governador Renan Filho (MDB) lidera com 7,8% surgindo em segundo o senador Collor (PROS) com 6,8%. Os nomes que lideram a pesquisa chamam a atenção pelos números baixos. Isso acontece porquê a maioria dos eleitores não sabem em quem votar diante dos nomes apresentados. 59,8% dos alagoanos não sabem ou não responderam.  

Esta é a última pesquisa eleitoral não registrada para as eleições deste ano. É o que alerta o Tribunal Superior Eleitoral em seu sítio: "A partir de 1º de janeiro de 2022, as entidades e empresas que realizarem pesquisas eleitorais serão obrigadas a registrá-la no Sistema de Registro de Pesquisas Eleitorais (PesqEle) até cinco dias antes da divulgação. 

“O registro da pesquisa na Justiça Eleitoral deverá conter as seguintes informações: quem contratou a pesquisa e quem pagou, com os respectivos números no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) ou no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ), valor e origem dos recursos, metodologia usada e período de realização do levantamento.”

“Outros dados necessários são o plano amostral e ponderação quanto a gênero, idade, grau de instrução, nível econômico do entrevistado, assim como o questionário completo aplicado ou a ser aplicado, e nome do estatístico responsável pela pesquisa."

Divulgação dos resultados

Na divulgação dos resultados, o texto afirma que serão obrigatoriamente informados: o período de realização da coleta de dados, a margem de erro, o nível de confiança, o número de entrevistas, o nome da entidade ou da empresa que a realizou e, se for o caso, de quem a contratou, bem como o número de registro da pesquisa.

Acesso ao sistema de controle

Ministério Público, candidatas e candidatos, partidos, coligações e as federações partidárias poderão acessar o sistema interno de controle, verificação e fiscalização da coleta de dados das entidades e das empresas que divulgarem pesquisas eleitorais. A solicitação de acesso deverá ser enviada à Justiça Eleitoral.