Vídeo: Lula visita Alagoas em 2° Giro pelo Nordeste

  • Redação com Uol
  • 18/06/2022 01:03
  • De Olho nas Eleições 2022
Foto: Assessoria

Em seu segundo dia de giro pelo Nordeste, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), esteve nesta sexta, 17, em Maceió, capital de Alagoas, na ocasião criticou o que classificou como uma "elite perversa" brasileira, rasgou elogios ao senador Renan Calheiros (MDB) e a Renan Filho (MDB) e minimizou o episódio ocorrido em um evento de pré-campanha em Minas Gerais, quando um drone jogou veneno no público. "Essa gente pensa que vai assustar a gente", afirmou. 

Lula estava acompanhado da cúpula do MDB local: o governador e pré-candidato a reeleição Paulo Dantas, o senador Renan Calheiros e o ex-governador Renan Filho.

O ex-presidente afirmou que conheceu Renan há 40 anos e enalteceu não só o senador, como o também ex-presidente José Sarney: "Renan foi presidente do Senado duas vezes, e eu devo muito ao Renan e ao José Sarney, que tem 92 anos. Tem muita gente vendo a história do Sarney pelo avesso. Mas foi o comportamento dele que garantiu que se recuperasse a democracia após 1985."

O ex-presidente também elogiou o ex-governador Renan Filho. "Esse menino provou que Alagoas tinha jeito; que governada com seriedade e respeito, era possível transformar o estado, como está transformado hoje".

Lula comentou ainda o atentado em que o drone jogou agrotóxicos em apoiadores em Uberlândia. "Já sabemos que um dos que jogaram estava com tornozeleira e outro, já tinha cometido crime de estelionato. Essa gente pensa que vai assustar a gente. Se pensa que vai ter medo da bravata, de miliciano, que ele não vai passar a faixa. A gente não quer que ele passe, a gente vai tomar democraticamente. Ele vai ter que aprender que a democracia é maior que ele".

O petista também não poupou críticas ao presidente Jair Bolsonaro e à política econômica do atual governo. "Esse presidente nunca se reuniu com governadores, com prefeitos, nunca teve coragem de fazer caminhada a pé, só anda em motociata e de jet sky. Esse país não suporta isso. Essa gente não presta! Não adianta vender a Petrobras, Eletrobrás. Em um governo nosso, quero o estado forte". 

A última visita de Lula a Alagoas havia ocorrido cinco anos atrás, durante uma caravana pelo Nordeste, em 2017. 

Assista o vídeo completo sobre a vinda de Lula a Alagoas: