Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Uma multidão queimou vivo um homem, identificado como Lucas Pio de Jesus, de 21 anos, que estava detido em uma delegacia em Tapiramutá (BA) por supostamente estar envolvido no assassinato de um idoso.

Cerca de 300 pessoas invadiram na segunda-feira (14) a delegacia da Polícia Civil e quebraram o cadeado da cela com machados e picaretas. A multidão levou a vítima até a rua à força e atearam fogo no corpo dele. Ele não resistiu aos ferimentos.

Fontes da Secretaria de Segurança Pública da Bahia confirmaram que o incidente, mas não forneceram mais detalhes. O policial Cassiano Santos explicou que a delegacia estava fechada com chave e, no momento da invasão, só havia um vigilante.

Jesus tinha confessado o assassinato de um homem de 82 anos que era deficiente visual, na noite do último domingo (13). Até o momento, ninguém foi detido pelo assassinato do jovem.

Tapiramutá tem aproximadamente 16 mil habitantes e está localizado a 350 km de Salvador.