Lucas Malta Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

No último dia 2, por determinação do desembargador Eduardo José de Andrade, o Tribunal de Justiça de Alagoas mandou devolver as chaves do Estádio Arno de Mello ao presidente do Clube Robério Malta.

Lacrado desde o último dia 7 de julho, por determinação do Juiz de Direito André Avancini D Avila, da 2ª Vara Cível, de Santana do Ipanema, através do Oficial de Justiça Jorge Luiz, o campo do Ipanema Atlético Clube (IAC) estava sem qualquer atividade esportiva.

Impasse

O impasse se deu devido a uma disputa na Justiça por dois grupos que lutam pelo direito de administrar o Clube canarinho.

Um liderado por Robério Malta, que realizou uma eleição no dia 18 de abril deste ano, onde registrou em Ata a reunião em que elegeu uma Diretoria, a qual o tem como presidente, e um Conselho Deliberativo, presidido por Antônio Euclides, ambos reconduzidos aos cargos.

Enquanto o outro grupo, desconsiderando a eleição de Robério Malta, elegeu para presidente do Clube, no dia 6 de maio, Alcides Antônio dos Santos, popularmente conhecido por “Gringo”.

Novos rumos

Por telefone, Robério disse à nossa redação “que justiça foi feita” e que agora quer dar continuidade ao trabalho no Canarinho do Sertão, “estamos reorganizando as categorias de base do Clube”, explicou Robério.

Segundo Robério os “professores” (expressão usado para denominar os treinadores de futebol) Carioca e Fernando (ex-atletas do IAC) cuidarão dessa parte.

“Queremos reiniciar essa tarefa no próximo sábado (6), com atletas em idades de 8 a 17 anos, nas bases de infanto-juvenil”, disse Robério.

A informação do setor jurídico do Ipanema é de que: até sair a decisão sobre o impasse de quem será de fato e de direito o presidente do IAC, o Estádio não poderá ser lacrado.