Vigilante mata fiscal de sua empresa após briga banal

  • 15/04/2009 19:34
  • Polícia
O vigilante Márcio Rubens Castro de Souza assassinou com seis tiros o fiscal da empresa de vigilância que ele trabalhava Antonio Nascimento Campos, casado e com filhos após uma discussão no local de trabalho em uma empresa do Polo Cloro Químico, no Trapiche da Barra.

O fiscal Antonio Campos, considerado um funcionário exemplar por todos que trabalhavam com ele, levou o vigilante, que era seu amigo e morava no mesmo bairro que ele na Barra Nova, ao local de trabalho e após uma brincadeira foi surpreendido com a atitude de Marcio que após atirar em Antonio descarregou a arma em cima do fiscal que estava caído.

Antonio morreu no local e Marcio fugiu em uma moto trazida por um amigo após um telefonema , o que chamou a atenção dos policiais é que o assassino tentou limpar o local do crime para prejudicar o trabalho da perícia.

Até o momento a polícia não tem pistas do assassino. O crime vai ser investigado pelo delegado Cícero Rocha.