Ascom - CRB CEO x CRB

Ainda não foi dessa vez que o CRB conseguiu vencer o CEO em Olho D'á duas das Flores esse ano. O time regatiano foi até o estádio Edson Matias, na tarde deste domingo (28), saiu na frente com um gol de Jairo, mas viu o time da casa empatar no segundo tempo com Denilson e decretar o empate em 1 a 1 e ainda ficar perto de virar o jogo.

No próximo sábado, às 20h30, as duas equipes voltam a se enfrentar no estádio Rei Pelé, para decidir o finalista do Campeonato Alagoano, sem vantagem para qualquer dos lados.

O JOGO - 1º TEMPO

Mesmo com o tempo quente em Olho D'água das Flores, CEO e CRB começaram o jogo semifinal se estudando, mas se movimentando, tentando a todo momento criar oportunidades de ataque.

O jogo era intenso, mas ainda sem chances claras de gol. Mas, o CEO insistiu nas investidas e por muito pouco não abriu o placar, quando de um cruzamento na área, o atacante Aurélio cabeceou a queima-roupa, para defesa espetacular do goleiro Galatto.

Bolas paradas e chutes de longa distância poderiam ser armas, devido as características do campo, de dimensões reduzidas. E foi assim que o CRB chegou com perigo e abriu o placar no sertão.

GOOOOLLLL DO CRB! Após jogada trabalhada na entrada da área, Schwenck deixou para Jairo, que emendou um chutaço que acertou o ângulo do goleiro Alexandre. Placar aberto em Olho D'água das Flores. CEO 0 x 1 CRB.

Depois do gol, o CRB continuou com um maior domínio de posse de bola, enquanto o CEO demorava a se encontrar depois do tento sofrido, mostrando ter sentido  o "golpe" aplicado pelo time regatiano.

Aos poucos, o CEO equilibrava o jogo e criou duas oportunidades de empatar. Primeiro, Denilson aproveitou uma bobeira da defesa regatiana e no momento da finalização, foi travado por Marcos Vinicius. Minutos depois, Aurélio deu trabalho ao goleiro Galatto, mandando um belo chute na trave, para desespero da torcida da casa.

O final do primeiro tempo chegou e os últimos minutos foram dominados pelo CEO, que cercou o time o atual campeão alagoano, mas não conseguiu chegar ao empate. Aos 46 minutos, o árbitro FIFA Francisco Carlos Nascimento encerrou a etapa com uma vitória parcial do CRB por 1 a 0 sobre o CEO.

2º - TEMPO

Os times voltaram para a segunda etapa diferentes. Os donos da casa vieram mais ofensivos, com o atacante Buiu no lugar do lateral-direito Roger. Já o técnico Ademir Fonseca do CRB, precisou mudar novamente Walter Minhoca, que era dúvida antes do jogo, para colocar Marcos Antônio.

E o CEO começou a etapa mais determinado, partindo para cima do CRB, mas ainda sem criar grande chance clara. Com isso, o CRB reagiu e por muito pouco não ampliou com Schwenck, que recebeu bola na cabeça e testou para fora.

No lance seguinte, o CEO mostrou que estava vivo e queria o empate. Aurélio, mais uma vez ele assustou o goleiro Galatto, mandando um chutaço rente a trave regatiana. O time sertanejo continuou em cima e de tanto insistir, empatou o duelo.

GOOOOLLLL DO CEO! Em cobrança de falta ensaiada, o experiente Nem levante na área e o atacante Denilson sobe mais alto que a defesa regatiana e cabeceia para o fundo do gol. CEO 1 x 1 CRB.

Depois do gol, o CEO seguiu melhor em campo, tocando mais a bola, chegando mais no campo rival e anulando as investidas dos meias e laterais do CRB, que já tinha vários jogadores no aquecimento.

O volante Johnnattan do CRB, sofreu uma falta dura de Mazinho, que levou cartão amarelo. Porém, o atleta alvirrubro continuou sentindo e precisou deixar o campo, reclamando da arbitragem por não ter expulsado o atleta rival.

Os técnicos continuaram promovendo mudanças, o jogo passou alguns minutos em ritmo lento, mas logo as equipes voltaram a assustar. Carlão do CRB, que acabara de entrar, por muito pouco não desempatou o jogo, parando em defesa de Alexandre.

No lance seguinte, após bola lançada na área do CRB, o goleiro Galatto se atrapalhou e por muito pouco não deixou a bola nos pés do meia Nem, que não chegou em tempo na bola. O mesmo Nem ainda bateu duas faltas que assustaram o arqueiro regatiano.

O jogo seguiu movimentado até o fim, mas, as duas equipes não conseguiram criar chances mais claras e o jogo foi finalizado com o placar de 1 a 1, que deixa a segunda partida semifinal, que acontece no próximo sábado, no Rei Pelé, totalmente em aberto, sem vantagem para nenhum dos times.

FICHA TÉCNICA

Campeonato Alagoano 2013 - SEMIFINAL

Estádio Edson Matias - Olho D'água das Flores, Alagoas

CEO 1 x 1 CRB

Árbitro: Francisco Carlos Nascimento
Assistentes: Wladson Oliveira e Adeíton Hora

CEO: Alexandre, Roger(Buiú), Vitor, Williams José e Nildo(André); Mazinho, Jacobina, Cristiano e Nem; Aurélio e Denilson(Iago).

Técnico: Alisson Dantas

CRB: Galatto, Paulo Sérgio, Marcos Vinicius, Audálio e João Victor; Everton Luiz, Johnnattan(Ananias), Jairo e Walter Minhoca; Pikachu(Carlão) e Schwenck.

Técnico: Ademir Fonseca

Cartões Amarelos: Mazinho e Cristiano (CEO) - Everton Luiz, Galatto, Paulo Sérgio, Audálio e João Victor(CRB)

Gols:Denilson 9min 2ºT(CEO) -  Jairo 16min 1ºT(CRB)