www.inhapiemfoco.com Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Vítima sofreu vários ferimentos

Uma menina de 9 anos foi atropelada por uma caminhonete, na tarde desta quarta-feira (30), por volta das 15h30, em um trecho da BR-423, no Sítio Cansanção, município de Inhapi. Amanda Regina Santana da Silva não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.

Segundo testemunhas, a criança estava estudando em uma escola, que fica às margens da rodovia federal, quando aproveitou o momento do recreio para, com outras três coleguinhas, comprarem lanches do outro lado da pista, mas ao tentarem atravessar, foram surpreendidas por uma S10 branca que acabou atropelando Amanda Regina. As outras garotas escaparam sem ferimentos.

A criança ficou gravemente ferida, principalmente na cabeça, onde sangrava muito. O motorista da caminhonete que não teve o nome divulgado ficou na localidade e ajudou na busca de socorro para a vítima que estava desacordada.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) realizou os primeiros socorros e levou a menina para o hospital regional, em Santana do Ipanema, onde terminou morrendo.

O condutor da caminhonete foi conduzido para a delegacia distrital onde relatou que trafegava tranquilamente pela rodovia, no momento em que se deparou com as meninas que entraram na pista sem sequer se certificar se vinha carro. O motorista que é mineiro detalha que pisou bruscamente no freio e tentou evitar o atropelamento das quatro garotas, mas somente conseguiu livrar três delas.

A morte de Amanda Regina gerou grande revolta entre os moradores daquela povoação que cobram a instalação com urgência de redutores de velocidade naquele trecho da rodovia, já que existe uma escola em funcionamento e o tráfego de veículo é muito intenso na localidade.

Colaboração: Inhapi em Foco