Jota Silva Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

Não resta dúvida de que a 5ª edição do Natal Solidário, em São José da Tapera, superou as expectativas e foi um sucesso. O evento beneficente, promovido pelo jogador de futebol Cleiton Xavier, foi realizado no último sábado (28) e de acordo com estimativa da Polícia Militar reuniu mais de 10 mil pessoas no Campo do Atlético.

Realizado há cinco anos consecutivos, o Natal Solidário visa promover shows para a arrecadação de alimentos que posteriormente serão entregues à população mais carente do município. Segundo o organizador do evento, empresário Eduardo Amaral, o ingresso da festa era trocado por três quilos de alimentos, o que fez com que este ano mais de 20 toneladas de gêneros alimentícios fossem arrecadados e que além disso ainda tem várias cestas básicas e sacas de feijão que foram doadas, respectivamente, pela Construtora Odebrecht e o Armazém da Construção.

Todos os alimentos vão ser entregues a famílias carentes, principalmente na zona rural do município. A data prevista para distribuição ainda está sendo planejada por Cleiton Xavier e a comissão organizadora do evento, mas não resta dúvida de que vai ser na primeira semana de 2014.

O jogador faz questão de participar das entregas, ainda mais para rever de perto a alegria estampada na fase de cada beneficiado, muitos que assim como nas edições anteriores do evento beneficente não tinham nem o que comer naquele dia em que recebiam alimentos.

Xavier diz que sabe das dificuldades enfrentadas pelo moradores daquele município, onde nasceu e se criou. O jogador garante que por mais que seu padrão de vida tenha mudado, seu caráter nunca vai permitir que deixe de ajudar aquelas pessoa conterrâneas, grande maioria que acompanhou cada passo e torceu por suas conquistas no futebol nacional e internacional.

Segurança

Contando com a experiência de Eduardo Amaral e sua equipe de produção, Cleiton Xavier contratou 60 seguranças da empresa Bad Boys que se juntaram ao reforçado efetivo policial oferecido pelo 7º Batalhão de Polícia Militar para garantir a segurança durante a festa que segundo o balanço da polícia não registrou nenhuma ocorrência, além do que é considerado corriqueiro.

No local do evento também ficaram equipes do Corpo de Bombeiros Militar e Civil, além de ambulâncias preparadas para resgate de qualquer pessoa que precisasse de atendimento emergente.

Shows e estrutura

Contando com uma imensa estrutura com dois palcos, camarotes, camarins climatizados, isolamento de local com várias saídas de emergência, os shows foram abertos pela Banda Extremo, um grupo musical do município. Em seguida foi a vez da grande atração do evento, o cantor Léo Santana e Parangolé.

Carismático e querido pela mulherada, Santana agitou a multidão com suas canções dançantes e reconhecidas nacionalmente. O músico baiano se disse feliz em poder está participando de uma festa, cujo lucro da organização é exclusivamente beneficente.

Ainda tiveram as apresentações do Trio da Huanna e da dupla Raphael e Gabriel, estes último que entraram no palco já no raiar do dia e animaram uma multidão que permanecia ali, com a mesma euforia do início da festa.

Cleiton Xavier

O meia começou sua carreira pelo CSA, onde foi revelado, depois foi contratado pelo Internacional, período em que disputou, pela Seleção Brasileira, os Jogos Pan-americanos de 2003. Em seguida Cleiton saiu do clube colorado e foi para o Figuerense, onde conseguiu maior destaque nacional, sendo contratado pelo Palmeiras, clube paulista que o mostrou para o então técnico da Seleção Brasileira, Dunga, que o convocou para as eliminatórias da Copa do Mundo, partida contra o Chile. Em 14 de julho de 2010, Xavier resolveu sair do país para defender o Metalist, na Ucrânia.