Wanderley sai às pressas de hospital depois de chamado de Téo

  • 23/03/2009 08:10
  • Geral

O cardiologista José Wanderley(PMDB) deixou a Santa Casa de Misericórdia hoje as 9hs45m, onde foi chamado as pressas para conversar com o governador Teotônio Vilela (PSDB).

 

Wanderley nem esperou o carro oficial, pegou um taxi e seguiu para o Palácio Republica dos Palmares.

 

Ainda ninguém sabe o assunto, entretanto, Teotônio achou bastante estanho não ter sido convidado para a inauguração em Arapiraca do Largo da Perucaba, onde estava presente o senador Renan Calheiros, líder do PMDB e como convidado especial o prefeito de Maceió, Cícero Almeida(PP).

 

Já foi dada a largada para o processo eleitoral de 2010. Renan não tem guardado reserva da sua insatisfação com o grupo tucano que cerca Teotônio. O peemedebista faz ressalva ao Claudionor Araújo e o prefeito de Penedo, Alexandre Toledo.

 

Já o jornalista décano Gilberto Amaral do Correio Braziliense informa que Collor estaria topando enfrentar Teotônio em 2010 ao lado de Renan. O ex-presidente Collor que ajudou Teotônio na sua primeira eleição de senador ainda guarda mágoa daquele tempo do governador tucano.