Governador sai em socorro do setor sucroalcooleiro de Alagoas

  • 30/04/2009 04:36
  • Geral
A geladeira vazia também comprova a falta de alimentos

Na tentativa de resolver a crise que se abala no setor sucroalcooleiro do Nordeste, especialmente, em Alagoas o governador Teotonio Vilela Filho se encontra em Brasília e volta a conversar com o governo federal para restabelecer o crédito de exportação e da reposição do capital de giro das empresas para pagamento de salários dos trabalhadores e fornecedores de cana.

Segundo ele as dificuldades persistem. E com o início da entresafra, a crise tende a se agravar, um cenário propício ao acirramento de ânimos, incompreensão e intolerância que nada contribuem para a solução dos problemas que todo o setor enfrenta.

Téo não deseja que a manifestação feita na Usina Utinga Leão, um dos mais tradicionais associados do Sindaçúcar de Alagoas, seja repetido em Alagoas.

Por sua vez, o Sindicato dos Produtores de Açúcar,acha que todos elos da cadeia produtiva da cana-de-açúcar, especialmente empresários, trabalhadores e fornecedores de cana, devem  unificar discursos e ações em busca de saídas para a crise.

Em nota publicada hoje na imprensa, o Sindaçúcar diz: o momento exige paciência,  perseverança e união de todos os trabalhadores do setor. O único caminho para superar a adversidade é a união, apela a entidade.