Alagoas na Net Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

A Câmara de Vereadores de Santana do Ipanema realizou nesta sexta-feira (30) mais uma Sessão Ordinária, onde votou cinco Projetos de Lei oriundos do Executivo Municipal. Um deles rege sobre a criação da (SMTT) Superintendência Municipal de Trânsito e Transporte de Santana do Ipanema.

Os cinco Projetos de Lei foram todos aprovados por unanimidade, que fizeram questão de demonstrar a importância dos mesmos para o município. Entre os projetos, dois tiveram destaque especial: O Projeto de Lei nº 11/2011 e o Projeto de Lei nº 16/2011.

Dos dois projetos citados um deles [11/2011] interessou a classe dos professores do município, onde institui o novo Plano de Cargos e Carreiras do Pessoal da Rede Pública Municipal de Ensino. O mesmo aumenta a gratificação para os diretores das escolas municipais, que recentemente assumiram os cargos através da Gestão Democrática.

Já o Projeto de Lei nº 16/2011, também foi tema de bastante discussão na Câmara, pois dispões sobre a criação da SMTT do município.

“Soltando o verbo”

Centro de uma grande polêmica nos últimos dias [devido ao projeto sobre o aumento do numero de vereadores], alguns vereadores da Casa Tacio Chagas Duarte foram à Tribuna e rebateram críticas feitas [segundo os mesmos] por opositores e pré-candidatos a vereador.

A “resposta” foi iniciada pelo vereador Gilmar França, que em seu discurso, disse que a atual Casa Legislativa nunca se omitiu em votações de grande importância para o município.

“Sempre estivemos abertos, para as grandes discussões dos assuntos de interesse da coletividade, essa é a função dos vereadores e foi pra isso que fomos colocados aqui. Tenho certeza que o povo não colocaria nesta casa pessoas que se omitissem ou se vendesse por qualquer propina”, disse o vereador.

O vereador Genildo Bezerra, popular “Papapudo”, endossou a discussão, criticando diretamente as pessoas que [segundo o mesmo], chamam os vereadores de inoperantes. Papatudo mostrou que somente nesta sexta-feira, foram aprovados cinco projetos de suma importância para o município e em especial frisou o projeto que cria a SMTT, ressaltando que o mesmo seguiu de uma indicação do edil.

Ao final da sessão, a presidente da Casa, Josefa Eliana, “Fofa”, evitou polemizar, agradeceu a presença de todos que estiveram presentes e encerrou, “É assim que essa Casa trabalha e esperamos sempre poder contar a presença de todos”, disse.