Alunos da UFAL fazem reivindicação sobre estrutura de Campus no interior

  • gilcacinara
  • 11/05/2009 05:43
  • Municípios
Alunos de Psicologia e Serviço Social da Universidade Federal de Alagoas (UFAL)- Campos Arapiraca-, Poló Palmeira dos Índios, visitam os o Campos Arapiraca e o pólo Penedo nesta segunda-feira (11) nos horários de aula, matutino e Vespertino, em protesto ao descaso estruturais e academicos apresentado pela direção da Universidade.

De acordo com os alunos, as salas não são climatizadas, e gera um grande mal estar devido ao calor, além  de serem improvisadas, pois somente a primeira parte da construção do prédio foi concluida. O laboratório de informática e a biblioteca funcionado em salas de aula, reduzindo o número da salas  que limitam-se a quatro o número total de turmas que existe a tarde com os alunos de serviço social. Porém ambos os cursos necessitam de salas em outros horários para disciplinas eletivas ofertadas nos cursos.  Alunos informaram ainda que, além de todos esse agravantes, o prédio não conta com salas suficientes para conportar os alunos do para o próximo vestibular.

A construção  do prédio que se divide em três etapas não chegou a concluir a primeira, faltando móveis na parte administrativa, e detalhes na própria estrutura, onde os banheiros apresentam problemas, não existindo portas até pouco tempo nos banheiros.

Seguindo em problemas estruturais, os alunos estão sendo prejudicados, pois sem a conclusão destas etapas os alunos de Psicologia não possuem seus laboratórios para prosseguirem com a grade acadêmica estabelecida.

Outra reivindicação que os alunos trazem a respeito dos estágios de ambos os cursos, os quais estão apresentando problemas em sua efetivação devido a falta de comunicação dos setores específicos da Universidade com as prefeituras do interior, como Arapiraca.

Ainda hoje aocntece um reunião com a reitora da universidade Ana Deyse para dicustir as questões do pólos.