Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Acusada do crime

O trabalhador rural Gilvan Santos Gonçalves, de 34 anos, foi assassinado com uma facada no pescoço na noite de terça-feira (04/10), na cidade de Coaraci. A esposa dele, Cleldes Pereira de Souza, de 26 anos, confessou o crime à polícia e alegou traição.

Em depoimento ao investigador Aquino, antes de praticar o crime houve discussão e ela teria ficado por algum tempo ouvindo Gilvan manter relações com a amante. “Ele ainda me esculhambava toda pra ela, falando mau de mim”, informa.

A mulher, não suportando mais ouvir o marido, com quem ela tem quatro filhos com idades entre dois e 12 anos, começou a gritar na porta. “Foi aí que ele saiu e mandado eu ir embora, quando ele veio pra cima de mim, eu furei o pescoço”, descreve.