Maceió sedia curso de Capacitação sobre Deficiência Mental

  • teresa
  • 14/05/2009 15:38
  • Maceió
A Associação dos Pais e Amigos do Autista de Alagoas – Assista/AL, em parceria com o Centro Ana Sulivan do Brasil e apoio da Coordenadoria Nacional para Integração da Pessoa portadora de Deficiência realiza o Curso de Capacitação Descentralizada sobre Deficiência Mental e Transtorno Invasivo do Desenvolvimento, no período de 14 a 16 deste mês, no auditório da Faculdade Tiradentes –FITS, bairro de Cruz das Almas, com o objetivo de capacitar estudantes, profissionais e familiares de portadores do autismo.

O Curso de Capacitação traz temas como “Currículo Funcional Natural”; “Manejo de Comportamento”; “Inclusão Escolar e Comunicação Alternativa e Ampliada”, que serão trabalhados com realização de oficinas e palestras coordenadas pelos profissionais Maryse Suplino, Hedjan Costa e Helena Mayara, do Centro Ann Sullivan, da cidade do Rio de Janeiro.

De acordo com Genilsa Barreto, consultora técnica da Assista/AL, a realização do curso é de extrema importância para o Estado de Alagoas. “A Associação existe desde 1996 com a finalidade de lutar pelos direitos e pela melhoria da qualidade de vida das pessoas com autismo e seus familiares. Este curso que estamos realizando será uma grande oportunidade de aproximar estudantes, profissionais e familiares com  profissionais especialistas do assunto. É um momento de aprendizado e troca de experiências. O Autismo é um assunto que precisa ser debatido com mais freqüência, somos carentes de oportunidades como esta”, ressalta a consultora.

Autismo - A síndrome

O autismo é uma síndrome do desenvolvimento humano que vem sendo estudada pela ciência há quase seis décadas, mas sobre o qual ainda permanecem, dentro do próprio âmbito da ciência, divergências e grandes questões por responder. Ultimamente não só vem aumentando o número de diagnóstico, como também vem sendo concluídas em idades cada vez mais precoces, tipicamente antes dos três anos de idade e que se caracteriza sempre por desvios qualitativos da comunicação, interação social e no uso da imaginação.

Segundo dados da ASA - Autism Society of American -, a incidência do autismo seria duas vezes mei mais freqüente em pessoas do sexo masculino do que em sexo feminino. Além disto, a incidência seria de 1:500, ou seja, dois casos para cada 1.000 nascimentos.

O Curso de Capacitação Descentralizada sobre Deficiência Mental e Transtorno Invasivo do Desenvolvimento acontece nos dias 14, 15 e 16 deste mês tendo início às 08h e encerramento previsto para 18h. As inscrições estão sendo realizadas na Rua Miguel Palmeira, 1020 – Farol, Maceió/AL. Maiores informações pelo telefone 82 3241-7306.