Hector Emílio Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true Vereador de São José da Tapera Evandro Cardoso

No último dia 26 de setembro o Diretório Estadual do Partido da Mobilização Nacional (PMN) expulsou de sua legenda o vereador por São José da Tapera Evandro Cardoso que foi o mais votado nas eleições 2008 e um dos fundadores do partido no município. O edil acusa o prefeito Jarbas Ricardo (PSDB) de comprar a decisão da executiva do PMN.

De acordo com Cardoso, o partido sempre representou a oposição na cidade e sua expulsão foi comprada a “peso de ouro” pelo prefeito em mais uma tentativa de calar sua boca. “Jarbas Ricardo está acostumado a comprar as pessoas como se fossem mercadoria e, para isso, usa o dinheiro público. Como não aderi a tal afronta, ele então comprou o diretório do partido que decidiu me expulsar.” Disse.

O Minuto Sertão conseguiu com exclusividade uma gravação de áudio onde o presidente estadual do PMN, Gérson Alves Guarines, fala sobre uma suposta negociação com Jarbas Ricardo afirmando que o gestor só terá o comando municipal do partido se entregar os cofres da prefeitura e pede a Evandro Cardoso que fique tranqüilo, pois o mesmo seria presidente do novo diretório que seria formado em breve. Porém, quatro dias após a gravação o vereador foi expulso da legenda que em seguida teria sido entregue ao prefeito.

Nossa reportagem tentou contato com Guarines, mas não obteve êxito. Seus telefones encontravam-se desligados ou fora da área de cobertura.

Ouça as gravações: PARTE UM | PARTE DOIS