Luiz Carlos (Lulinha) 14193016535673

A sexta edição do Natal Solidário, promovido neste domingo (21), em São José da Tapera, bateu recorde de público e de arrecadação de alimentos. O evento beneficente que é promovido pelo jogador de futebol Cleiton Ribeiro Xavier teve como principal atração a banda Weslley Safadão e Garota Safada.

As apresentações musicais começaram às 22h, com o show de Regis e os Coquetéis, depois foi a vez da Banda Play Boys do Brega. Em seguida, Trio da Huanna subiu ao palco pelo sexto ano consecutivo. Galã do Brega foi o próximo a se apresentar e terminou já no raiar do dia, que foi quando a tão esperada banda Weslley Safadão e Garota Safada começou seu show.

Durante a apresentação de Trio da Huanna, Cleiton teve uma grande surpresa promovida pelos pais, Seu Zaidan e Maria Cleide, que mandaram fazer um quadro artístico com uma imagem do filho a quem homenagearam com a frase “meu filho, meu herói”. O meio-campista de 31 anos que atua pelo Metalist Kharkiv (Ucrânia) não segurou as lágrimas e se emocionou com o gesto dos pais.

Estrutura e Segurança

Além da estrutura montada com dois palcos, camarotes, super-telão e cinco geradores elétricos, a segurança foi um dos principais destaques do evento. De acordo com a comissão organizadora, chefiada pelo vereador “Marquinho X”, mais de 30 policiais militares e civis estiveram no local, além de quase cem seguranças particulares e 90 bombeiros civis.

Conforme a Polícia Militar, o forte aparato policial formado por militares e civis, além do auxílio de agentes particulares oferecidos pela organização, garantiu que a festa que é considerada de grande porte fosse realizada por mais um ano sem nenhum registro fora da normalidade.

Arrecadação

A estimativa da organização do evento é que mais de 10 mil pessoas trocaram o ingresso da festa por três quilos de alimentos, chegando a uma arrecadação total de cerca de trinta toneladas de gêneros alimentícios, que é um recorde, quando comparado com a última edição, onde foram arrecadadas 20 toneladas de produtos.

Para Cleiton Xavier, a iniciativa de promover a festa beneficente no município partiu da necessidade de agradecer aos conterrâneos pelo carinho e apoio que sempre o deram desde o início de sua carreira. “Entendo que as cestas básicas que distribuímos no natal não dura para sempre, como gostaria que fosse, mas essa é a maneira que encontrei de agradecer a todos pelo apoio.” Disse.

Este ano, a festa foi realizada pela empresa X Entretenimento, comandada por “Marquinhos X”, que já vinha participando da organização dos eventos anteriores, mas nessa edição foi escolhido por Cleiton para chefiar a Comissão Organizadora.

Marquinhos diz que é grato pela confiança do amigo de infância e frisou que a importância da festa é dada pelo objetivo dela, que é beneficiar as famílias mais carentes do município. “A solidariedade de Cleiton Xavier e o apoio de cada pessoa que participou da festa vai proporcionar um natal diferente para muitas famílias carentes do município”, disse.

O empresário Luiz Carlos falou sobre a importância que a festa tem para o desenvolvimento econômico da cidade. “Uma semana antes da realização da festa, o comércio da cidade e de outros municípios da região já começam a ficar movimentados, fato que não se restringe somente ao ramo de confecções e calçados. Todos são beneficiados, inclusive quem não tem uma loja em endereço fixo, como é o caso dos vendedores ambulantes”, disse.

Jogo das estrelas

Durante a tarde do dia da festa, desde a primeira edição, o meia taperense trás para sua cidade natal os amigos de profissão para participarem de uma partida de futebol que é chamada por ele de jogo dos amigos de Cleiton Xavier. A exibição é aberta ao público e muita gente comparece para ver de perto a habilidade dos atletas que muitas vezes só conseguem ver na televisão.   

Todos os anos, grandes personalidades do futebol nacional e internacional marcam presença, como é o caso do piranhense Gilberto que está no Toronto (Canadá), Edmar Lacerda (Metalist/Ucrânia) e Matheus Leite (Dinipro/Ucrânia). Além disso, também estiveram presentes Danilo Souza (Bahia de Feira), Rafael (ex-CEO), Audálio Santos (CRB), goleiro Saulo Fontes (Sport/Recife) e Nem (ex-CEO).

Com presença confirmada nas edições anteriores, a jogadora Marta não pôde participar da festa deste ano, já que teve que participar da final do Torneio Internacional de Futebol Feminino, jogo em que a Seleção Brasileira se saiu pentacampeã contra os Estados Unidos. Outro que também não veio foi o atacante do Vasco Dakson Silva, que é natural de Santana do Ipanema.