Rs=w:350,h:263,i:true,cg:true,ft:cover?cache=true

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio da Coordenação da Atenção Básica e da Vigilância em Saúde, promoveu durante o dia desta ultima quinta-feira (29), no auditório da Academia de Saúde, a capacitação foi ministrada pela enfermeira e coordenadora da Base SAMU, Srª Lilimar Ferraz, direcionadas para os Agentes Comunitários de Saúde e os Agentes de Endemias que irão atuar no combate à Dengue e a Febre Chikungunya. Participaram cerca de trinta e seis (36) ACS e oito (08) Agentes de Endemias que atuam nos serviços da Atenção Básica e do Programa Estratégia Saúde da Família. A dinâmica da capacitação inclui o levantamento e a discussão das experiências, problemas cotidianos enfrentados pelas equipes de Agentes Comunitários de Saúde e o papel do profissional na Atenção Básica, além da apresentação de novas informações sobre a dengue e a Febre Chikungunya.

A capacitação forneceu informações sobre ações de controle vetorial, além dos sinais e sintomas clássicos da dengue e Chikungunya, para que os agentes possam diferenciar uma da outra, caso encontrem algum caso nas residências que forem visitar, para assim encaminhar para as equipes de saúde. Os agentes de Saúde e Endemias juntos aos demais profissionais, também irão realizar ações educativas com a comunidade, no sentido de fornecer informações sobre ações de combate ao mosquito transmissor.

“A transmissão é feita pelo mesmo mosquito e os cuidados com as duas doenças são os mesmos: repouso, hidratação e combate aos sintomas, assim como, podem ser evitados da mesma maneira, com limpeza urbana, recolhimento de lixo e armazenamento correto de água para evitar criadouros”, pontuou a coordenadora da Atenção Básica Sr.ª Isabel Moura Wanderley.

Na oportunidade o supervisor de controle de Endemias municipal Sr. Jailson Aquino, destacou a importância de promover essa capacitação, pois isso demonstra o compromisso do Gestor Municipal de Saúde em evitar essas doenças. Pois através do conhecimento aqui adquirido iremos informar a nossa população evitando assim que essa doença chegue a nossa cidade.

“A questão da Dengue é algo que precisa ser discutido constantemente em nossos serviços ofertados, pois dessa estamos conseguido controlar nos índices evitando que nossa população venha cometida pela dengue agora com essa nova doença (Chikungunya), decidimos promover uma reciclagem com nossos profissionais e levantar algumas dificuldades enfrentadas por eles em sua atividade de prevenção e promoção”, destacou o Secretário Municipal de Saúde Sr. José Marcos da S. Oliveira.