Romário Silva 139586703237 CEO x CSE

A movimentação na tabela do Campeonato Alagoano continua intensa. Na noite desta quarta-feira (11), o CEO foi até Palmeira dos Índios enfrentar o CSE, saiu perdendo, mas conseguiu a virada e garantiu uma importante virada por 3 a 1, garantindo assim a vice-liderança do estadual.

Na próxima rodada o time de Olho D’água recebe o Murici no estádio Edson Mathias. Já o CSE jogará fora de casa, em Boca da Mata diante do Santa Rita.

O JOGO

O primeiro tempo foi de maior domínio do CSE, que foi transformado em gol aos 29 minutos. Madisson fez boa jogada e mandou na área, encontrando Luiz Paulo, que cabeceou para o fundo das redes.

Superior no jogo, o CSE ainda poderia ter ampliado o marcador através do meia Paulo Victor. Mas, a assistente já havia assinalado falta do jogador do CSE sobre o defensor do CEO.

Na volta para o segundo tempo, o CSE deu a entender que viria para “matar” o jogo. Madisson, sempre ele nas bolas paradas, cobrou escanteio venenoso e mandou na trave do goleiro João Paulo.

Porém, a superioridade do time da casa parou por aí. Passados 30 minutos, confusão na área do palmeirense e Tarcísio aproveitou sobra de bola para empatar o jogo para o time de Olho D’água das Flores.

A partir daí, foi uma sequencia que resultou na virada do time visitante. Primeiro, Cristiano arriscou de fora da área e marcou o segundo do CEO aos 33 minutos. Aos 34, Etinho foi derrubado na área e o árbitro Francisco Carlos do Nascimento, o “Chicão”, marcou pênalti. O próprio Etinho foi para a cobrança e marcou o terceiro gol do CEO.

Antes do final do jogo, o CEO ainda acertou uma bola na trave. Este foi o último lance da importante vitória do CEO por 3 a 1 de virada sobre o CSE no estádio Juca Sampaio, em Palmeira dos Índios.